fbpx

Fase da vida de Hello Kitty, 😔 gerente do tráfico morta em operação no Salgueiro, em São Gonçalo, RJ Deixe um comentário

Em novembro de 2015, ela fez uma tentativa de deixar o mundo do crime e passou a frequentar uma igreja evangélica junto com parentes e amigos.

Lá, ela descobriu o dom de cantar e passou a se apresentar nos cultos da igreja.

Rayane canta em templo evangélico à esquerda. Conhecida como Hello Kitty, gerenciava o tráfico de drogas em comunidade de São Gonçalo — Foto: Reprodução

A fase evangélica durou alguns meses e ela voltou à vida do crime. Em 2016, ficou grávida. O filho de Hello Kitty tem 4 anos.

Em 2018, Rayane entrou na mira da polícia. Com idade entre 18 e 19 anos ela já cometido uma série de roubos e era denunciada por vítimas na região do Fonseca, bairro da Zona Norte de Niterói

Ela praticava os crimes com um namorado, que morreu em Minas Gerais, segundo a Polícia Civil. Nas redes sociais, Hello Kitty, além das armas, sempre deixava à mostra uma tatuagem de gueixa que tinha na perna.

Comentários